Alunos são premiados na FEBRACE

As duas equipes que representaram o Bandeirantes na FEBRACE (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia) foram premiadas. Os projetos tiveram propostas tanto para a crise hídrica de São Paulo, quanto para o auxílio de deficientes visuais no reconhecimento de cores.

febrace14_1

Intitulado de “Estudo do concreto produzido com água de reuso de São Paulo: uma alternativa para a economia de água na construção civil”, o trabalho dos alunos Catarina Vallada, Enzo Profili e Guilherme Peres,da 3.a série, conquistou 3.o lugar na categoria Engenharia.

febrace14_2

A equipe foi orientada pelo professor de Geografia do Colégio, Pedro Coelho, e coorientada por Arthur Rupp, do Instituto Mauá de Tecnologia. O objetivo do projeto foi buscar uma solução sustentável para a crise hídrica dentro da Engenharia. A pesquisa foi realizada no ano passado para a Feira de Ciências do Band, na qual eles foram os 1.os colocados pelo júri técnico.

Para Guilherme, a interdisciplinaridade entre Ciências e Geografia- pela contextualização com a crise hídrica- e o caráter inovador da pesquisa foram fatores fundamentais para conquistar o lugar de destaque. “Acho que o fato de ter tido um alto embasamento científico foi essencial. Todos os nossos resultados foram justificados pelas nossas pesquisas, que seguiram uma rigorosa metodologia”, completou Enzo.

Já o projeto dos alunos Lucas Liberman, Pedro Takahaski e Rodrigo Koozo, orientado pelo professor de Física, Renato Villar e coorientado por Carlos Rafael Gimenes, da BandTec, ganhou o prêmio de Inovação em Acessibilidade e Inclusão da Pessoa com Deficiência.

A pesquisa realizada por eles foi intitulada de “Cromatoscopiofone: protótipo em Arduino para identificação de cores para deficiências visuais” e tinha como propósito auxiliar deficientes visuais no reconhecimento de cores através da emissão de sons a partir de cada espectro de cor.

Compartilhe:

Feira de Ciências traz projetos de Engenharia e Inovação

No dia 17 de outubro de 2015 ocorreu a 9.a edição da Feira de Ciências e Tecnologia do Colégio Bandeirantes, que contou com a presença de cerca de 900 pessoas. O tema deste ano foi “Engenharia e Inovação: o futuro que queremos construir”.

IMG_3133

Mais de 280 alunos participaram, sendo 176 do Ensinos Fundamental e 105 Ensino Médio. Foram 50 grupos que criaram e apresentaram suas pesquisas no evento. Este ano, o projeto de um dos grupos foi destinado à elaboração de um vídeo, com o intuito de documentar o trabalho desenvolvido pelos alunos, professores e coordenadores ao longo do ano.

IMG_3122

A Feira de Ciências é uma atividade extracurricular que proporciona ao aluno o primeiro contato com pesquisas científicas. Sob orientação de um professor e o acompanhamento de monitores, os grupos de alunos se reuniram semanalmente para realizar pesquisas e elaborar seus protótipos. Também foi preparado um relatório de acordo com o método científico, que foi avaliado pelos jurados.

IMG_3129

A escolha do vencedor consistiu na avaliação de jurados externos e também pelo público, que votou dando notas aos grupos.Os projetos, relatórios e apresentações foram avaliados por um total de 27 jurados, sendo que cada um avaliou de um a dois grupos. Dessa forma, cada grupo contou com três avaliadores.

IMG_3164

A avaliação dos 16 grupos do Ensino Médio foi realizada por professores das universidades USP, UNIFESP, FGV, Metodista, Mauá, Insper, Einstein – Medicina e Bandtec, e também por profissionais de diversas áreas, do British Council, da MATEC Engenharia e da Miracema-Nuodex.

IMG_3171

Este ano, ainda, o aluno formado em 2014, Dimitri Scripnic, atual estudante do ITA, apresentou, junto com um grupo de estudantes do ITA, seu projeto “ITA Rocket Design”. Foi um momento marcante, estes alunos compartilharem suas experiências durante este ano com o público em geral.

IMG_3134

A novidade deste ano foi a empresa UCAM, que juntamente com alunos do Idade Mídia e o grupo destinado à confecção do vídeo, apresentaram a transmissão de áudio e vídeo do evento ao vivo.

IMG_3139

Eles utilizaram uma câmera móvel, que possibilitou uma maior mobilidade e interação entre participantes da Feira, visitantes e repórteres, por meio de entrevistas e chamadas ao vivo.

Compartilhe:

Band e Poli unem-se para divulgar Engenharia Metalúrgica

Alunos do Band e da Poli produziram site e vídeo para que vestibulandos conheçam mais sobre os cursos de Engenharia Metalúrgica e de Materiais. A atividade uniu a Feira de Ciências do Colégio a um programa de mestrado da Poli-USP voltado a despertar o interesse dos estudantes por esses cursos.

“Os 4 alunos participantes do projeto recebem uma bolsa para sua execução. Além disso, um professor orientador e um aluno da Poli também recebem uma bolsa para desenvolvimento das tarefas”, explicou o professor Franco Ramunno, que conduziu as atividades no Band.

O site contém informações pertinentes aos vestibulandos (www.pmt.usp.br/vestibular); o vídeo fala mais sobre as carreiras (http://www.youtube.com/watch?v=Nj1W3weK1xo), e uma página no Facebook divulga novidades associadas à área (https://www.facebook.com/EngenhariaDeMateriaisEMetalurgica?ref=hl).

O objetivo dessa chamada, realizada anualmente na Escola Politécnica da USP, é o de selecionar propostas para apoio financeiro a projetos que visem estimular a formação de engenheiros no Brasil, ao mesmo tempo em que combate a evasão recorrente principalmente nos primeiros anos dos cursos de Engenharia.

Além das produções, os alunos do Band foram estimulados a realizar uma série de pesquisas entre seus colegas do Band, dentre elas a elaboração de um questionário que visava avaliar o conhecimento ] sobre os cursos e como eles buscam informações sobre as diferentes carreiras.

“O resultado será divulgado através do relatório elaborado pelos alunos e apresentado na Feira de Ciências”, comentou Franco.

Compartilhe: