Professores no NSTA e MIT

Os coordenadores Cristiana Mattos (Ciências), Marly Machado (Laboratório de Física), José Ricardo de Almeida (Química), Márcia Abdo (Geografia) e o professor Waldir Hernandes (Biologia) participaram do Congresso NSTA (National Science Teachers Association), que, este ano, ocorreu em Boston, Estados Unidos. Para os professores, O NSTA, que é anual, serve de inspiração para a criação de novos projetos além do aperfeiçoamento da visão e da prática no ensino de Ciências.

O principal foco dos professores na escolha das palestras foi participar daquelas com assuntos relacionados ao tema da Feira de Ciências deste ano que é “Ciência e Empreendorismo”. Além disso, participaram de palestras da área de Engenharia porque o foco é próximo da questão do  empreendorismo.

A viagem, proporcionada pelo Band, contou também com uma visita ao consultor do Colégio Leo Burd, pesquisador do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts). Na sede do Media Lab, os professores puderam visitar diversos projetos que tem como base o conceito de ‘Maker Space’ (Espaço de Criação). “É um lugar que fervilha a troca de cultura, que é a ideia central do conceito de ‘Maker Space’”, comentou a coordenadora Cristiana.

“Foi uma viagem estratégica devido ao grupo de coordenadores e professores que participou. Além da mudança cultural por conta da vivência, é possível ter uma noção do que envolve esta visão de espaços inovadores e também desta proposta do aluno praticar as tão faladas habilidades do século XXI”, explica.

Compartilhe:

Professoras apresentam trabalhos da Feira de Ciências 2008 em Congresso Internacional

Três professoras (Ana Cristina, Beatriz e Denise), acompanhadas pela coordenadora Cristiana, viajam dia 17 de março para New Orleans, em Louisiana, Estados Unidos, para apresentar os resultados dos trabalhos dos alunos que participaram da Feira de Ciências e Tecnologia do ano passado. A aceitação foi muito grande, demonstrando que os trabalhos desenvolvidos aqui estão em nível internacional.

Além dos trabalhos da Feira de Ciências, também será apresentado o trabalho do Projeto Biotecnologia, já em seu 11o ano. A excelência deste trabalho chamou tanto a atenção dos organizadores do congresso, que ele foi colocado como palestra de 30 minutos em uma sala que comporta 175 pessoas, privilégio este reservado para temas que os organizadores sabem que geram muito interesse por parte do público.

O NSTA (National Science Teachers Association) é a maior organização de professores de ciências do Ensino Básico dos Estados Unidos, reunindo um público em torno de 35 mil professores em sua versão internacional. Este já é o segundo ano em que trabalhos do Bandeirantes são escolhidos para ser apresentados. Ano passado foram trabalhos sobre a Feira de Ciências e sobre os Kits de Ciências.

Compartilhe: