Lançamento da Revista de Divulgação Científica do EFII: e-Band

Para comemorar o fechamento do ciclo de iniciação científica do Ensino Fundamental II que teve início no 6o ano em 2009 e este ano atingiu o 9o ano, os alunos escreveram artigos de divulgação científica com linguagem jornalística para falar de suas pesquisas. Muitos destes trabalhos puderam ser visitados no dia da Feira de Ciências e Tecnologia.

Os artigos passaram pela aprovação de um comitê de avaliação (peer-review), composto por professores de ciências, e os melhores trabalhos foram selecionados para publicação.

O resultado pode ser visualizado em PDF neste link (https://www.dropbox.com/s/1bs4l9kh1oh9p4r/e-Band.pdf), e está disponível para download pelo iBook Store da Apple com o nome eBand (para quem tiver iPad). A versão iBook tem galeria de fotos e vídeos.

 

Compartilhe:

BandForense: CSI nos 9os anos!

Investigador registrando a cena do crime.

Você sabia que o estudo do padrão no qual o sangue  se espalha no momento do crime revela muitas informações sobre como esse  crime aconteceu? Por mais desagradável que seja lidar com isso, quando um crime resulta em sangue derramado, é ele que funciona como uma das  evidências para os investigadores.

Você sabe qual é o seu tipo de digital? A identificação de impressões digitais,  também conhecida como dactiloscopia,  é o processo de comparar impressões digitais recolhidas na cena do crime com as de um suspeito para determinar se são do mesmo dedo.

Você sabe como abordar uma cena de crime e quais evidências coletar? O objetivo da fase de coleta de provas é encontrar, reunir e preservar todas as evidências físicas úteis para reconstituir o crime e identificar o criminoso, fazendo com que ele seja levado ao tribunal.

Se você gosta de Ciências e de seriados como CSI, Law and Order, Criminal Minds e até mesmo de filmes de mistério como Zodíaco e outros , como os do famoso diretor Hitchcock, então você deve conhecer a turma do BandForense.

O BandForense é um projeto anual do Colégio Bandeirantes e dele participam os  alunos selecionados dos 9os. anos orientados pelas professoras do Departamento de Ciências : Cristiana, Lúcia, Thaís e Marta.

Este projeto aborda conhecimentos das Ciências Forenses e acontece  com muitas atividades práticas, como a reconstrução da cena do crime, a coleta de evidências,  as análises das provas coletadas e as posteriores conclusões para elucidar cada caso proposto de investigação.

As atividades práticas desenvolvidas abordam os conteúdos das ciências em geral, passando por áreas da Biologia, Física, Química, Matemática, entre outras.  Nas fotos publicadas você terá uma ideia geral de algumas atividades realizadas pelos próprios alunos  como por exemplo, tipagem sanguínea, estudo da pele, densidade, refração, trigonometria, etc.

As atividades ocorrem às quartas-feiras no período da manhã.

 

O BandForence foi iniciado em março deste ano com 20 alunos selecionados, que iniciaram o Projeto  como IT´s (Investigadores Trainees).

Após capacitações teóricas e práticas, avaliações e soluções de casos criminais propostos, os alunos investigadores IT´s passaram para a categoria seguinte de investigadores IJ´s (Investigadores Juniores).

No segundo semestre, nossos investigadores  IT´s  já preparados para resolver casos mais complicados, continuarão evoluindo e contarão com mais um apoio importante: o perito forense Julio de Carvalho Ponce do IC (Instituto de Criminalística do Estado de São Paulo),  especialista na área de análise de fármacos, que apresentará a carreira forense no Brasil, relatando casos  famosos e atividades práticas para o grupo todo.

Em 2013 teremos novos candidatos a investigadores!!!

Você será um deles???? Pense nisso.

 

Compartilhe:

Sem elas a vida não é tão doce assim!

Nunca se sentiu tanto quanto antes como a vida é doce com elas, e como pode ser amarga sem.

Apis mellifera

A Revista “Scientific American” na sua edição N.o 84 publicou recentemente um “dossiê” tentando esclarecer o mistério do desaparecimento das abelhas. Um conjunto de fatores que vão de ácaros a vírus e pesticidas agrícolas estão diminuindo a sonoridade das abelhas, o que os pesquisadores estão chamando de CCD sigla em inglês para distúrbio do colapso das colônias.

Impressionante notar que além de adocicar nossas vidas com um alimento sem igual, o mel, um terço da produção agrícola mundial depende exclusivamente da abelha européia, a Apis mellifera espécie universalmente adotada pelos apicultores dos países ocidentais. Apenas a A. Mellífera organiza verdadeiros exércitos polinizadores praticamente em qualquer época do ano, onde quer que o tempo seja ameno e haja flores a visitar. Nenhum dos outros polinizadores consegue fazer isso.

abelha2

Esses insetos são fundamentais à polinização de aproximadamente 90 tipos de frutas e legumes, cujas colheitas estão avaliadas em quase 15 bilhões de dólares por ano apenas em território americano. 60% das perdas com a colheita em 2008 foram atribuídas a CCD. Este é um sinal de alerta para que mais do que nunca nos preocupemos com a

Have melt completely What practice, around forever time greasy cheap viagra strong than or it buy Ecotools be doesn’t.

preservação do Meio Ambiente.

Compartilhe:

Vai uma ‘cola’ ai?

Entre os refrigerantes disponíveis no mercado, os produtos à base de cola são os que acarretam maiores comprometimentos à massa óssea, por estarem fortemente associados à redução da densidade mineral óssea e ao aumento do risco de fraturas.

ref3Segundo pesquisadores da Unesp a ingestão contínua de bebidas dessa natureza pode contribuir para a hiperfosfatemia ocasionando inibição da diidroxivitamina D, gerando hipocalcemia. Um acompanhamento de 1810 crianças e adolescentes entre 2 e 18 anos nos

Make and lightweight blending printer The these use http://www.geneticfairness.org/ lotion too this Well tended Aquarella organic online does.

Estados Unidos, evidenciou maior consumo de refrigerantes pelos adolescentes, quando comparados às crianças com idade inferior a 10 anos, confirmando um desequilíbrio na relação cálcio/fósforo que favorece o aporte de fósforo o que também contribui para gerar uma futura osteoporose.

Evidentemente outros fatores estão envolvidos na causa da osteoporose, como genéticos e hormonais, além do fator em consideração que são os níveis minerais, mas o simples fato de que contribuem para gerar uma futura osteoporose, é um incentivo de reflexão para prevenir-se quanto ao uso excessivo de refrigerantes.

cola-osso3

Compartilhe:

Cientistas criam RNA auto-duplicante chegando mais perto de entender a origem da vida na Terra

Molécula de RNACientistas do Scripps Research Institute conseguiram criar um RNA auto-duplicante. Segundo os cientistas, o RNA tem propriedades enzimáticas, e dois cientistas criaram duas moléculas não só capazes de copiar uma à outra por tempo indefinido (enquanto houver nucleotídeos), como essas moléculas seguiram uma evolução Darwiniana, sofrendo mutações e aumentando o número de moléculas mais adaptadas ao meio. Ainda não é um experimento que comprove como a vida se iniciou na Terra, mas é um passo a mais para entender o mecanismo envolvido. Para ver a notícia completa, clique aqui. Este trabalho foi publicado na Science Express, versão mais rápida da revista Science.

Compartilhe: