LIYSF 2015

Entre os dias 22 de julho e 5 de agosto aconteceu em Londres o 57º LIYSF (London International Youth Science Forum). O evento é um fórum de estudantes, com duas semanas de duração, no qual os estudantes de 16 a 20 anos ficam imersos no Imperial College para assistir a aulas, demonstrações, fazer visitas a laboratórios de pesquisa e outras universidades nas imediações (Oxford e Cambridge).

Mais de 450 estudantes de mais de 60 países participaram do LIYSF 2015

Mais de 450 estudantes de mais de 60 países participaram do LIYSF 2015

“Da aplicação matemática de bolhas de sabão ao processo de modelagem do mercado financeiro, ficou evidente que a ciência é a nossa ferramenta para aumentar o conhecimento sobre o mundo.” afirmou Cristóbal Sciutto, aluno da 3.a série. “Contudo, o mais marcante foi a necessidade de sermos enfaticamente curiosos”, completa.

O fórum contou este ano com estudantes de mais de 60 países, compondo um total de mais de 450 alunos. O Bandeirantes representou mais uma vez o Brasil, desta vez, com 14 estudantes, que apresentaram 4 trabalhos desenvolvidos na Feira de Ciências de 2014. São eles: Caio Oliveira, Cristóbal Sciutto, Nicholas Bertani, Pietra Moscovich, Pedro Oliveira, Maria Caroline Costa, Enrico Manfredini, João Takeuchi, Victória Nunes, Marília El Kadre, Marcelo Belisario, Juliana Danesi, Gabriel Zucchi e Lucca Ceccon. Além dos alunos, o professor de Física, Renato Villar, foi a Londres para acompanhar os estudantes.

Dentre os mais de 100 projetos apresentados, os professores do universitários avaliaram e escolheram os 10 melhores para serem apresentados em formato de palestra para todos os participantes do fórum. O Band não ficou fora dessa. O projeto apresentado pelos estudantes Marcelo, Enrico e João sobre reutilização de água de chuveiro ficou entre os finalistas selecionados.

Visita ao consulado brasileiro: Palestras sobres o ciências sem fronteiras.

Visita ao consulado brasileiro: Palestras sobres o ciências sem fronteiras.

Além das visitas e palestras, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer e conviver com estudantes dos mais diferentes países e culturas. Eles ainda tiveram tempo de visitar a cidade e seus mais diversos museus e pontos turísticos. “A melhor parte do LIYSF foi conhecer pessoas do mundo todo, que são, assim como eu, apaixonadas por ciências, e que estão sempre dispostas a aprender mais e a compartilhar seus conhecimentos” afirmou Marilia El Kadre, da 3.a série. Outra visita importante foi à embaixada brasileira em Londres, onde os estudantes participaram de palestras com a coordenadora do Ciências Sem Fronteiras no Reino Unido, e com participantes do programa que vivem lá.

IMG_20150725_161624579“A experiência toda foi fantástica: os melhores professores, das melhores universidades, falando sobre os mais diversos temas, além da oportunidade de visitar centros tecnológicos de ponta”, comentou Gabriel Zucchi, da 3.a série. “Também, tivemos a oportunidade de experimentar um pouco da vida de um estudante em uma das principais cidades do mundo” completou.

Compartilhe: